home Espaço do Aluno Estudar mais uma vez?
Espaço do Aluno

Estudar mais uma vez?

Autor: Alan Nunes

Como uma boa parcela dos que entram na Universidade Livre do Espírito – ULE, entrei achando que já sabia de tudo e achava um absurdo ter que começar do Curso Básico. Ora, quem já se viu! Estudava Espiritismo desde dos 13 anos, ou seja, há 20 anos e teria que começar do zero? Intolerável. Mas, claro, me submeti sob a promessa de que os conteúdos trazidos teriam uma abordagem diferente, menos tradicional.

As primeiras aulas foram terríveis, estava de má vontade, implicava com as falas dos expositores (básicas demais, achava eu do alto do meu Ego-Espírita super inflamado). Algumas experiências de convívio não ajudaram no processo, mas, eis que um dia, sem mais nem menos, alguém me desarmou. Ouvi de uma expositora, em uma aula sobre Obsessão, uma abordagem completamente surpreendente sobre o tema para mim e aquilo mudou minha relação não só com o Curso Básico, mas também com toda a proposta da ULE. Aquela facilitadora rompeu em mim a barreira instransponível, até aquele momento, entre conhecimento e vivência.

Depois desta experiência comecei a apreciar as sutis e, às vezes, enormes diferenças entre o conhecimento daqui e o de fora. A ULE me ensinou a perceber as minhas sombras, entender como elas funcionavam em mim e, principalmente, que elas não eram um problema, mas sim parte da solução última: a evolução. A ULE me apresentou o personagem ALAN e me deu pistas importantes do Espírito que sou.

Além disso, foi nesta casa que ouvi umas das frases que mais me tocaram e me transformaram: o Espírito é livre para soprar onde quiser. Claro que já havia ouvido isso antes, mas nunca tinha integrado esta noção. Está aí um outro termo transformador que aprendi em nossa Universidade: Integrar. Entendi que não basta saber, não é suficiente, não me empurra para frente o simples conhecer se eu não integro este conhecimento, esta habilidade, nada em minha vida mudará com este conhecimento. O saber, nesta perspectiva, é vazio e raso. Quando integramos ele é plantado e enraizado em nossa alma.

A ULE é isso e é aquilo, é complemento e suplemento, é amor e ódio, é sombra e luz, é alto e baixo. Mas, acima de tudo, é também o que está contido entre todos esses polos extremados. Na Universidade Livre do Espírito, aprendi que o caminho do meio, do equilíbrio é mais valioso e difícil do que os extremos que nos cegam e nos atrasam a marcha evolutiva.

Continuo na ULE para sempre: porque sou Grato.

Um comentário em “Estudar mais uma vez?

  1. Minha trajetória é curta na doutrina! no entanto, me deparo com a surpresa (grata) de perceber que o Espiritismo e o “ser” espirita que acreditava ser, está a uma eternidade de distância dessa realidade que se apresenta e me envolve. Estudar, nesse momento da vida, me surpreendendo com as descobertas iniciais que colocaram por terra meus “conhecimentos” me provocaram um choque de realidade e me abriu os olhos, o coração e a razão para conceitos que sequer imaginava. Um aprendizado que se inicia com a certeza de que, a partir de então, perguntas e respostas serão os degraus de um conhecimento verdadeiro e que me permitiram crescer de forma plural.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *